Museu do Amanhã retoma entrada franca às terça-feiras

Ingressos devem ser retirados na plataforma Eventim.

Compartilhe:


Foto: Divulgação/Tânia Rego/Agência Brasil

 

A partir desta terça-feira (15), o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, retoma as entradas gratuitas às terças-feiras. Os ingressos deverão ser retirados pela plataforma Eventim onde é necessário fazer o agendamento do dia e do horário da visita.  

“Caso a gente receba algum visitante que não tenha feito isso previamente, nossa equipe de atendimento vai ajudar a fazer o agendamento pelo celular. A gente tem um ponto de apoio aqui para que isso aconteça”, informou a diretora executiva do museu, Maria Garibaldi.

Na hora de entrar, o visitante deverá apresentar o voucher, impresso ou pelo celular. “A gente entende que havia um grande apelo do público para retomar a entrada franca e, a partir de amanhã, dia 15 de março, o Museu do Amanhã retoma a entrada franca às terças-feiras”, disse a diretora executiva.

Programação 2022

Para este ano, a programação do Museu do Amanhã contará com projetos que tratam de ciência, educação, meio ambiente, saúde e democracia. O tema de 2022 é Sobre vivências: a Vida que queremos.

Exposição Fruturos - Tempos Amazônicos no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro
Exposição Fruturos - Tempos Amazônicos no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro - Tomaz Silva/Agência Brasil

 

A programação quer integrar diferentes fontes de conhecimento, como a das exposições Fruturos - Tempos Amazônicos, que foi inaugurada no dia 17 de dezembro do ano passado e seguirá até junho, e a do fotógrafo Sebastião Salgado, que estreia no dia 19 de julho. As duas estão alinhadas com o macrotema da regeneração.

A exposição Amazônia de Sebastião Salgado, que já passou por Paris, Roma, Londres e agora está em São Paulo, revela o resultado de sete anos de experiências e expedições fotográficas pela Amazônia brasileira e mostra também os povos de 12 comunidades indígenas da região.

A partir de abril, entra na programação o Amanhãs do Brasil, para tratar de democracia e liberdades com discussões importantes para o futuro do país passando pela educação, a justiça climática, a informação de qualidade e a cultura. Em cinco encontros presenciais e abertos ao público, especialistas vão debater assuntos de destaque no contexto da democracia. Entre os convidados confirmados estão a líder indígena Txai Suruí, a cientista Nina da Hora, o jornalista Marcos Luca Valentim, a biomédica Helena Nader e o advogado Cláudio Lins de Vasconcelos.

Haverá ainda um debate sobre a saúde do coração que ocorrerá paralelamente ao Congresso Mundial de Cardiologia, marcado para os dias 13 a 15 de outubro, no Rio de Janeiro, em conjunto com o 77º Congresso Brasileiro de Cardiologia.

Com apoio da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a exposição Coração e Longevidade trará questões ligadas à saúde cardiovascular e à conexão entre a maior expectativa de vida e um olhar multidisciplinar para o órgão. A mostra vai ocupar todos os espaços do Museu de forma inédita.

O coração será visto como guardião das emoções e o público vai poder saber qual é a sua representação ao longo da história da arte; a anatomia do coração; saúde e sociedade; inovação no tratamento da saúde do coração e a conexão da longevidade com a maior qualidade de vida.

“Eles [os temas] também falam muito como nós podemos cuidar do nosso corpo, como também estarmos atentos aos fatores ambientais que cercam os lugares onde moramos e a influência na nossa longevidade, saúde do coração, os níveis de poluição e questões ligadas à alimentação”, afirmou o diretor de Conhecimento e Criação e curador do Museu, Leonardo Menezes.

Em junho, na Semana do Meio Ambiente, entre os dias 5 a 11, haverá uma rodada de painéis, palestras, rodas de conversa e sessão de documentários sobre temas ligados à preservação do planeta, mudanças climáticas, preservação dos oceanos, Baía de Guanabara, metrópoles sustentáveis, regeneração florestal e ativos sustentáveis.

Em dezembro será a vez da Ocupação Antropoceno. O projeto reunirá cientistas, artistas, ambientalistas, gestores, agentes, governos, instituições e sociedade, para pensar, vivenciar, colaborar e atuar juntos a favor do presente e futuro do planeta. A intenção é apresentar reflexões e ações sobre o impacto do ser humano na Terra e a urgência de se chegar a um equilíbrio para o planeta.

Projetos

Ainda em 2022, o museu dará continuidade a projetos como o Inspira Ciência, um programa de formação de professores da educação básica, que trata de temas fundamentais em astronomia, geologia, biologia e ecologia. De acordo com o diretor, o Inspira Ciência ajuda os educadores que buscam oportunidades de atualização e também responde às demandas provocadas pela Base Nacional Curricular.

Outro projeto com continuidade neste ano é o Mulheres na Ciência, destinado às pesquisadoras brasileiras das áreas de ciência, tecnologia, engenharias e matemática. O objetivo é fortalecer a liderança feminina na inovação de base científica e tecnológica.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Cultura

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Rio: monumento do Cristo recebe nova iluminação

Rio: monumento do Cristo recebe nova iluminação

Rio terá concertos beneficentes para desabrigados de Petrópolis

Rio terá concertos beneficentes para desabrigados de Petrópolis

Mais notícias sobre Cultura

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Semana Nacional dos Museus começa nesta segunda

Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Cinemateca Brasileira reabre ao público na próxima sexta-feira

Rio: monumento do Cristo recebe nova iluminação

Rio: monumento do Cristo recebe nova iluminação

Rio terá concertos beneficentes para desabrigados de Petrópolis

Rio terá concertos beneficentes para desabrigados de Petrópolis

Publicidade