Bia Haddad vence de virada nas duplas e avança para a semifinal do Australian Open

Tenista se torna a segunda brasileira a chegar nas semifinais de um Grand Slam na Era Aberta

Compartilhe:

A paulistana Beatriz Haddad segue fazendo história nas duplas no Australian Open. A brasileira e a cazaque Anna Danilina venceram de virada a sueca Peterson e a russa Potapova por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/5 e 6/3 após 2h03min de duração na quadra Kia Arena.

Bia Haddad está na semifinal do Australian Open — Foto:  Robert Prange / Getty Images

Bia Haddad está na semifinal do Australian Open — Foto: Robert Prange / Getty Images

Com a terceira vitória de virada no torneio, a tenista número 83 do mundo se torna a segunda brasileira semifinalista de um Grand Slam na Era Aberta - Luisa Stefani foi a primeira no US Open de 2021. Além disso, ela obteve o melhor resultado para as mulheres do país desde a semifinal de 1965 de Maria Esther Bueno, que conquistou em 1960 o torneio de duplas e foi vice-campeã em 1965 no torneio individual.

Bia e Danilina vivem ótima fase. Foram campeãs do WTA 500 de Sydney e alcançaram o quarto triunfo em Melbourne. Na semifinal, elas enfrentam as japonesas Shuko Ayoama e Ena Shibahara, cabeças de chave número 2 do Aberto da Austrália.

Errata: o ge publicou inicialmente que Bia foi a primeira brasileira a ser semifinalista de um Grand Slam na Era Aberta, mas Luisa Stefani foi a pioneira. A informação foi corrigida às 10h17 de 25/01.

Fonte:https://ge.globo.com/tenis/noticia/bia-haddad-vence-de-virada-nas-duplas-e-avanca-a-semifinal-do-australian-open.ghtml

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Esportes

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Neuza Back comenta ser primeira auxiliar brasileira em Copa do Mundo: "Momento indescritível"

Neuza Back comenta ser primeira auxiliar brasileira em Copa do Mundo: "Momento indescritível"

Sem Messi, títulos e dinheiro: Barcelona fecha ano de reparação e projeta futuro melhor

Sem Messi, títulos e dinheiro: Barcelona fecha ano de reparação e projeta futuro melhor

Astro dos 42 km, Daniel Nascimento fará os 21 km na Maratona do Rio 2022

Astro dos 42 km, Daniel Nascimento fará os 21 km na Maratona do Rio 2022

Mais notícias sobre Esportes

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Neuza Back comenta ser primeira auxiliar brasileira em Copa do Mundo: "Momento indescritível"

Neuza Back comenta ser primeira auxiliar brasileira em Copa do Mundo: "Momento indescritível"

Sem Messi, títulos e dinheiro: Barcelona fecha ano de reparação e projeta futuro melhor

Sem Messi, títulos e dinheiro: Barcelona fecha ano de reparação e projeta futuro melhor

Astro dos 42 km, Daniel Nascimento fará os 21 km na Maratona do Rio 2022

Astro dos 42 km, Daniel Nascimento fará os 21 km na Maratona do Rio 2022

Publicidade