Verstappen espera disputa acirrada com Mercedes no GP da França

Líder do segundo treino livre nesta sexta-feira, piloto da RBR relatou dificuldade com ventos no circuito de Paul Ricard e creditou bom desempenho ao uso dos pneus mais macios

Compartilhe:

A sexta-feira do GP da França se dividiu entre Valtteri Bottas, líder do primeiro treino livre, e Max Verstappen, que ditou o ritmo na segunda sessão da etapa. O holandês reconhece que a RBR conseguiu melhorar o próprio desempenho ao longo do dia e avaliou o ritmo do próprio carro de forma positiva, mas ainda se mantém cauteloso diante das condições no circuito de Paul Ricard e do desafio de manter a vantagem sobre a rival Mercedes.

- Melhoramos muito ao longo da sessão. Não fiquei tão feliz no primeiro treino e o segundo também não começou tão bem, mas comecei a me sentir melhor e mais conectado com o carro quando usamos o segundo conjunto de pneus. Mas ainda será difícil; a pista é bem aberta e está ventando bastante. Não tem sido fácil também com as temperaturas - disse.

Max Verstappen durante os treinos livres do GP da França — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Max Verstappen durante os treinos livres do GP da França — Foto: Mark Thompson/Getty Images

O heptacampeão Lewis Hamilton também relatou dificuldades em guiar o carro na pista em Paul Ricard, atribuindo também sua percepção às temperaturas e as condições do asfalto.

Depois de terminar o primeiro treino em terceiro, Verstappen vinha atrás das duas Mercedes no início da segunda sessão, com pneus médios. Na metade, adotou o conjunto macio e, do sétimo lugar, conseguiu fazer a volta mais rápida que o colocou na frente de Valtteri Bottas (com médios) por 0s008, valendo a liderança.

- Não foi fácil lidar com o vento no meio das curvas; tudo vai bem em uma volta e, na outra, fica mais forte, o que significa que nem sempre é fácil avaliar sua velocidade nas curvas, mas todos tiveram que lidar com isso. Vamos encontrar uma boa solução. Mas encerramos bem o dia, e poderemos ser competitivos amanhã - adicionou o holandês.

Max Verstappen foi o mais rápido no segundo treino livre do GP da França — Foto: Andrea Diodato/NurPhoto via Getty Images

Max Verstappen foi o mais rápido no segundo treino livre do GP da França — Foto: Andrea Diodato/NurPhoto via Getty Images

Apesar do resultado positivo no fim do dia, Verstappen lembra que sua rival Mercedes tem um bom retrospecto no GP da França, vencendo as duas últimas edições da prova com Hamilton, além de ter feito a dobradinha no primeiro treino depois de duas semanas complicadas nos GPs de Mônaco e Azerbaijão.

O piloto da RBR evitou fazer previsões ousadas sobre o fim de semana em Paul Ricard e, embora comemore a atuação do carro nesta sexta, espera por uma disputa difícil na França:

- Difícil dizer. Hoje foi bom. As simulações de corrida pareceram decentes. Mas nunca sabemos o que as pessoas encontrarão pela noite. Com certeza eu espero que seja bem acirrado. Definitivamente não será fácil.

O terceiro e último treino livre do GP da França será neste sábado, 19, a partir das 7h (horário de Brasília). 

Arte horários GP da França  — Foto: Infoesporte

Arte horários GP da França — Foto: Infoesporte

Fonte:https://ge.globo.com/motor/formula-1/noticia/verstappen-espera-disputa-acirrada-com-mercedes-no-gp-da-franca.ghtml

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Esportes

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Holanda e Brasil empatam jogaço em 3 a 3 e adiam definição nas Olimpíadas

Holanda e Brasil empatam jogaço em 3 a 3 e adiam definição nas Olimpíadas

Brasil tem primeira noite sem medalhas, mas de sucesso no vôlei

Brasil tem primeira noite sem medalhas, mas de sucesso no vôlei

Mais notícias sobre Esportes

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Brasil joga 70 minutos com um a menos e só empata com a Costa do Marfim

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Confira os resultados da rodada do Brasileirão

Holanda e Brasil empatam jogaço em 3 a 3 e adiam definição nas Olimpíadas

Holanda e Brasil empatam jogaço em 3 a 3 e adiam definição nas Olimpíadas

Brasil tem primeira noite sem medalhas, mas de sucesso no vôlei

Brasil tem primeira noite sem medalhas, mas de sucesso no vôlei

Publicidade