Médica de Ibitinga é suspeita de negociar venda receitas de remédios falsos para vacinação da Covid

Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a denúncia a pedido do Ministério Público em Ibitinga. Áudio que faz parte da denúncia mostra uma suposta negociação da profissional com um paciente.

Compartilhe:

A Polícia Civil de Ibitinga (SP) abriu um inquérito a pedido do Ministério Público para investigar a denúncia de que uma médica estaria vendendo atestados médicos e receitas de medicamentos para que pessoas que não fazem parte dos grupos prioritários possam receber a dose da vacina contra Covid-19.

Segundo a promotoria de Justiça do MP, os atestados e receituários seriam vendidos pelo valor de R$ 30 e um áudio atribuído à médica Silvana Abrão Quaresma faz parte da denúncia. A profissional afirmou à reportagem que não irá se manifestar sobre o caso

A TV TEM teve acesso a esse áudio, que também estaria circulando nas redes sociais. 

Na conversa, a médica trata com um paciente os detalhes para elaboração de um receituário. Ela pergunta se a pessoa não possui nenhuma comorbidade mesmo (se não tem diabetes, hipertensão, problemas nos rins) e diz que é possível fazer uma receita médica falsa para a pessoa apresentar no momento da vacinação, como mostram os trechos:

- Nenhum dos dois tem nenhuma comorbidade? Pressão alta, diabetes, problemas renais, problemas cardíacos? São muitos gordos? Sei lá. Qualquer coisa que é que eu tenho um questionário e não vou falar tudo.

 

A médica ainda complementa com um alerta de que a receita é só para tomar a vacina e não usar os medicamentos, porque a pessoa é saudável e corre risco de morrer.

- Não tem nada e tem mais de 30 anos, terça e quarta vão vacinar. Aí eu faço a receita. Mas a receita é só para tomar a vacina, pelo amor de Deus. Vocês não vão me tomar o remédio porque vocês são pessoas normais, de pressão normal, não tem diabete e não tem nada. Aí acabar morrendo, está bem entendido? É isso? Duas receitas? É R$ 30 cada receita.

O Conselho Regional de Medicina do estado de São Paulo (Cremesp) também foi consultado e, em nota, informou que "até o momento não foi acionado sobre o assunto e aguarda denúncia formal das autoridades".

 

 

Fonte: G1

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Ibitinga

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Alguns inscritos no Concurso Público de Ibitinga farão prova no dia 27, outros no dia 11 de julho

Alguns inscritos no Concurso Público de Ibitinga farão prova no dia 27, outros no dia 11 de julho

Confira o boletim diário da Covid-19 em Ibitinga

Confira o boletim diário da Covid-19 em Ibitinga

Covid-19: nesta sexta-feira (18), Ibitinga vacina pessoas de 53 e 54 anos SEM COMORBIDADES

Covid-19: nesta sexta-feira (18), Ibitinga vacina pessoas de 53 e 54 anos SEM COMORBIDADES

Mais notícias sobre Ibitinga

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Prefeitura de Ibitinga realiza Audiência Pública digital na segunda-feira (21)

Alguns inscritos no Concurso Público de Ibitinga farão prova no dia 27, outros no dia 11 de julho

Alguns inscritos no Concurso Público de Ibitinga farão prova no dia 27, outros no dia 11 de julho

Confira o boletim diário da Covid-19 em Ibitinga

Confira o boletim diário da Covid-19 em Ibitinga

Covid-19: nesta sexta-feira (18), Ibitinga vacina pessoas de 53 e 54 anos SEM COMORBIDADES

Covid-19: nesta sexta-feira (18), Ibitinga vacina pessoas de 53 e 54 anos SEM COMORBIDADES

Publicidade