Produtores rurais de Ibitinga realizaram 'tratoraço' na manhã desta quinta-feira (07)

Mobilização é contrária aos aumentos de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) propostos pelo Governo do Estado de São Paulo.

Compartilhe:


Produtores rurais de Ibitinga realizam "tratoraço" na manhã desta quinta (07). Foto: Gleison Landim/Portal Ternura

 

Os produtores rurais de Ibitinga e de todo o estado de São Paulo realizaram na manhã desta quinta-feira (07) um "tratoraço" contrário aos aumentos de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) propostos pelo Governo do Estado de São Paulo.

Em Ibitinga, a mobilização contou com total apoio do Sindicato Rural de Ibitinga com Extensão em Tabatinga e a concentração começou às 07h30, em frente às revendedoras agrícolas na saída do Cristo.


Concentração começou por volta das 07h30. Foto: Gleison Landim/Portal Ternura


Vista aérea do tratoraço. Foto: Jean Gomes/Portal Ternura

 

Tratoraço em outros municípios

Segundo organizadores, cerca de 300 municípios paulistas aderiram ao tratoraço como forma de protesto. Itápolis e Jaboticabal estão entre as cidades mobilizadas. Veja abaixo:


Centro de Itápolis. Foto: Divulgação


Produtores de Jaboticabal também estão realizando tratoraço. Foto: Divulgação

 

Aumento de ICMS

A permissão da elevação do imposto foi por meio da Lei 17.293 de 15 de outubro de 2020, a qual entrou em vigência no dia 1º de janeiro de 2021. Tais mudanças podem onerar (ou seja, tornar mais pesados) os custos de produção e elevar consideravelmente os preços dos alimentos, combustíveis e até mesmo da energia elétrica. Esses aumentos impactarão diretamente o poder de compra da população.

Alguns produtos agrícolas, como adubos, fertilizantes, milho em grão e farelo de soja, de isentos, passarão a ter uma taxa de 4,14%. Também se encaixam nesse grupo os produtos veterinários, os defensivos e as rações.

A alíquota do óleo diesel e o etanol, combustíveis muito usados nos transportes, subirá de 12%, vão para 13,3%. Até mesmo a isenção da energia elétrica foi limitada até consumo de 1.000 Kwh/mês.

Suspensão do aumento de ICMS

Nesta quarta-feira (06), o Governo do Estado de São Paulo anunciou que suspendeu o aumento de ICMS sobre insumos agropecuários. Porém, na nota, o Executivo não menciona a elevação das alíquotas sobre diesel e energia elétrica. A agropecuária paulista tem alertado que esses dois itens têm grande impacto sobre os custos de produção, sendo usados ao longo de toda a cadeia produtiva.

Por conta disso, os tratoraços não foram suspensos e aconteceram em cerca de 300 municípios paulistas. 


Foto: Gleison Landim/Portal Ternura


Foto: Gleison Landim/Portal Ternura


Foto: Jean Gomes/Portal Ternura


Foto: Jean Gomes/Portal Ternura

 

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Polícia Militar registra roubo no Centro de Ibitinga

Polícia Militar registra roubo no Centro de Ibitinga

Mulher morre após ser atropelada em rodovia de Bauru

Mulher morre após ser atropelada em rodovia de Bauru

CAMINHO DA FÉ: peregrino comemora 57 anos no Ramal Centro Paulista

CAMINHO DA FÉ: peregrino comemora 57 anos no Ramal Centro Paulista

Mais notícias sobre Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Boletim Covid-19: Sobe para 2427 o número de confirmados em Ibitinga

Polícia Militar registra roubo no Centro de Ibitinga

Polícia Militar registra roubo no Centro de Ibitinga

Mulher morre após ser atropelada em rodovia de Bauru

Mulher morre após ser atropelada em rodovia de Bauru

CAMINHO DA FÉ: peregrino comemora 57 anos no Ramal Centro Paulista

CAMINHO DA FÉ: peregrino comemora 57 anos no Ramal Centro Paulista

Publicidade