Esposa aponta arma para cabeça do marido e ele pede socorro em grupo de condomínio

Ambos tinham pistolas regularizadas dentro de casa; ela alega sofrer pressão psicológica porque ele não aceita separação

Compartilhe:

Um caso de ameaça envolvendo a posse de armas de fogo mobilizou um condomínio de luxo, situado na Zona Sul de Bauru, na noite desta quarta-feira (21). No local, uma mulher de 34 anos apontou uma pistola para a cabeça do marido de 52 anos, que pediu ajuda no grupo de WhatsApp do residencial onde moram. A cena teria sido presenciada pela filha do casal, de 4 anos, e pela babá, segundo o Boletim de Ocorrência (BO).

A mulher alega ter tomado a iniciativa por sofrer pressão psicológica do marido, que não aceita a separação. Ele, por sua vez, teria fugido para o interior da suíte, de onde teria pedido ajuda aos vizinhos, de acordo com o BO.

Consta do documento que a PM foi acionada ao local, sendo recebida na casa pela própria mulher. Já o homem só saiu do banheiro do quarto quando os policiais garantiram que ele estava seguro. Nenhum disparo de arma de fogo foi efetuado.

Ainda de acordo com o registro policial, marido e mulher mantinham suas respectivas armas dentro de casa, todas registradas regularmente, sendo uma pistola .45 e uma 9 milímetros. Ela relatou que pedira novamente a separação pela manhã. À noite, quando ele chegou em casa, aparentando estar bastante nervoso, perguntou sobre sua arma.

Como resposta, foi informado que estavam escondidas, já que, em uma situação anterior, ela relata que o marido teria apontado a pistola em sua direção. Mais tarde, porém, a esposa decidiu devolvê-la, mas sem o carregador com as munições. Na sequência, pegou sua própria arma, teria apontado para a cabeça dele e dito: “Agora a gente vai conversar”. Neste momento, ele correu para pedir socorro, informa o BO.

Os policiais apreenderam as duas pistolas, assim como as munições, e as levaram até o Plantão Policial, onde permaneceram retidas, por cautela, conforme decisão da autoridade policial, que registrou o caso como ameaça.

Fonte: https://sampi.net.br/bauru/noticias/2817118/policia/2024/02/esposa-aponta-arma-para-cabeca-do-marido-e-ele-pede-socorro-em-grupo-de-condominio-

Compartilhe:

Comentários (0)

silhueta de um avatar

Escreva seu cometário...

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicidade

Mais notícias sobre Regional

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Encontro para Famílias de Pessoas com Autismo: Troca de Experiências no CRAS de Nova Europa

Encontro para Famílias de Pessoas com Autismo: Troca de Experiências no CRAS de Nova Europa

Suspensão do atendimento presencial no Posto Eleitoral de Gavião Peixoto

Suspensão do atendimento presencial no Posto Eleitoral de Gavião Peixoto

CÃOroinha: adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis em Barretos

CÃOroinha: adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis em Barretos

Mais notícias sobre Regional

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Campanha do Agasalho continua em Bariri

Encontro para Famílias de Pessoas com Autismo: Troca de Experiências no CRAS de Nova Europa

Encontro para Famílias de Pessoas com Autismo: Troca de Experiências no CRAS de Nova Europa

Suspensão do atendimento presencial no Posto Eleitoral de Gavião Peixoto

Suspensão do atendimento presencial no Posto Eleitoral de Gavião Peixoto

CÃOroinha: adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis em Barretos

CÃOroinha: adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis em Barretos

Publicidade